Ferramentas de gestão do cuidado de gestantes vivendo com HIV: uma estratégia de prevenção da transmissão vertical

Imagem de Miniatura
Data
2023-04-24
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Editor
Resumo
O risco de transmissão vertical reduz a quase zero mediante profilaxia da gestante e do bebê, cuidados no parto e supressão da amamentação. Diante disso, em 2018, Novo Hamburgo-RS desenvolveu e implantou uma planilha de monitoramento de gestantes HIV a fim de garantir atenção integral ao pré-natal e identificar em tempo hábil fragilidades no acompanhamento, no entanto, a planilha é centralizada no Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e as unidades de Atenção Primária a Saúde (APS) recebem sinalizações de pendências. Visando o controle efetivo e prevenção da transmissão vertical de HIV, o presente estudo propõe elaborar ferramentas que permitam o gerenciamento do cuidado de gestantes HIV na APS. Métodos: estudo misto dividido em 4 etapas. Etapa 1: avaliação da implantação do monitoramento de gestantes HIV no município de 2016 a 2020, Etapa 2: levantamento de informações e demandas através de questionário aos enfermeiros da rede; Etapa 3: desenvolvimento de fluxograma e planilha para o gerenciamento do cuidado de gestantes HIV e Etapa 4: validação das ferramentas através de grupo focal e avaliação de juízes. Resultados: na etapa 1, 142 gestações foram analisadas, identificou-se uma melhora nos indicadores de adesão à TARV e via de parto adequado após 2018. Na etapa 2, 11 enfermeiros participaram e ficou evidente a carência de recursos humanos capacitados e a falta de comunicação entre setores como questões chaves no atendimento de gestantes HIV. Na etapa 3, o fluxograma foi elaborado partindo do diagnóstico no pré-natal até o nascimento da criança na maternidade, e a planilha foi composta com informações necessárias para a identificação da gestante, monitoramento de adesão e características do parto, importantes para a sinalização e seguimento da criança exposta. Na etapa 4, participaram do grupo focal para a validação do fluxograma 7 pessoas e para a validação da planilha 9 pessoas. Considerações: a implantação efetiva das ferramentas exige um comprometimento com a melhoria contínua do processo, através da educação permanente e continuada dos profissionais atuantes. Produtos: um fluxograma e uma planilha para o gerenciamento do cuidado de gestantes HIV no município de Novo Hamburgo. Além disso, os resultados desta pesquisa serão publicados em um artigo científico.
Descrição
Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Saúde da Família, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.
Palavras-chave
Transmissão Vertical de Doenças Infecciosas, HIV-1, Atenção Primária à Saúde, Pré-Natal, Gerenciamento da Prática Profissional, [en] Infectious Disease Transmission, Vertical, [en] HIV-1, [en] Primary Health Care, [en] Prenatal, [en] Practice Management
Citação