Percepção de gestores frente a implementação de diretriz clínica para assistência pré-natal com emprego de telemedicina

Imagem de Miniatura
Data
2022
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Editor
Resumo
Introdução: O uso de telemedicina no pré-natal é uma realidade em vários países, e se mostrou de grande valor durante a pandemia de COVID-19, uma vez que ir a consultas tornou-se um evento de risco em potencial para as gestantes. Objetivos: identificar a percepção dos gestores acerca da implementação de diretriz clínica para assistência pré-natal ambulatorial híbrida, combinando consultas presenciais reduzidas e teleconsultas para gestantes e puérperas de baixo-risco. Método: trata se de uma pesquisa com abordagem qualitativa e exploratória, através de questionário próprio, dirigido às gestoras do Ambulatório de Pré-Natal da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Resultados: As gestoras concordam que o uso de telemedicina na assistência pré-natal é potencialmente benéfico para a instituição, recursos técnicos estão disponíveis para este fim. Conclusão: A avaliação de gestoras com expertise no tema mostrou-se de fundamental relevância, uma vez que a literatura é escassa no que concerne à percepção de gestores quanto ao uso de telemedicina na assistência pré-natal.
Descrição
Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)-Gestão em Saúde, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.
Palavras-chave
Gestão em Saúde, Gestão de ciência, tecnologia e inovação em saúde, Pré-natal, Teleconsulta, Telemedicina, [en] Health Management, [en] Health Sciences, Technology, and Innovation Management, [en] Prenatal Care, [en] Remote Consultation, [en] Telemedicine
Citação