Investigação do mecanismo de citotoxicidade do óleo essencial de Piper gaudichaudianum Kunth em células V79

dc.contributor.advisorSaffi, Jenifer
dc.contributor.advisor-coMoura, Dinara Jaqueline
dc.contributor.authorRamos, Fabiana
dc.date.accessioned2016-10-24T14:55:59Z
dc.date.accessioned2023-10-09T18:55:13Z
dc.date.available2016-10-24T14:55:59Z
dc.date.available2023-10-09T18:55:13Z
dc.date.date-insert2016-10-24
dc.date.issued2015
dc.descriptionDissertação (Mestrado)-Programa de Pós-Graduação em Patologia, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.pt_BR
dc.description.abstractIntrodução: O óleo essencial (OE) das folhas de Piper gaudichaudianum Kunth possui propriedades biológicas, tais como anti-inflamatória, antimicrobiana e antitumoral. Previamente, foi demonstrado que este OE possui pronunciada ação citotóxica, mutagênica e genotóxica em células V79, como consequência do potencial oxidativo do mesmo. O presente trabalho pretende ampliar o conhecimento sobre o seu mecanismo de citotoxicidade. Objetivos: Avaliar a citotoxicidade e o mecanismo de ação do OE em células V79, por meio da análise da composição química do OE, viabilidade celular, função mitocondrial, formação de radicais livres, proteínas envolvidas na resposta celular, indução de morte celular e ação da N-acetilcisteína, após o tratamento com diferentes concentrações do OE, durante 3 h e 24 h. Material e Métodos: O OE foi extraído por hidrodestilação e analisado por GC FID e GC-MS. A viabilidade celular e o efeito da N-acetilcisteína foram verificados com Azul de Trypan; a formação de espécies reativas, com DCFH DA; a função mitocondrial com Rodamina 123; o tipo de morte celular, com Anexina V-PE e 7-AAD; a atividade da superóxido dismutase e catalase por espectrofotometria; e, a expressão de PADPR e SIRT-1 por Western Blotting. Resultados: Foram identificados como componentes majoritários (E)-nerolidol (31,13%), α-humuleno (14,83%) e (E)-cariofileno (6,79%). O OE diminuiu a viabilidade celular, com IC50 de 4,15 µg/mL (3 h) e 4,49 µg/mL (24 h); aumentou a despolarização mitocondrial e a produção de espécies reativas; reduziu a atividade da superóxido dismutase; aumentou a expressão de PADPR e diminuiu a de SIRT1; induziu a morte celular por necrose e apoptose tardia; O pré-tratamento celular com N-acetilcisteína restabeleceu a viabilidade celular. Conclusão: O OE exerce efeito citotóxico, concentração-dependente, pela indução de estresse oxidativo celular com envolvimento de dano mitocondrial e modulação da resposta antioxidante e de reparo no DNA.pt_BR
dc.description.abstract-enIntroduction: The essential oil (EO) of Piper gaudichaudianum Kunth leaves has biological properties such as anti-inflammatory, antimicrobial and antitumor activities. Previously, it was shown that EO showed pronounced cytotoxic, mutagenic and genotoxic effects in V79 cells as a result of its oxidative potential. This work aims to increase the knowledge about EO cytotoxic mechanism. Purpose: To evaluate the cytotoxicity and the mechanism of action of EO in V79 cells, by analyzing the chemical composition of EO, as well as cell viability, mitochondrial function, free radicals formation, proteins involved in cellular response, cell death induction and N-acetylcysteine action, after treatment with different concentrations of EO, for 3 h and 24 h. Material and Methods: EO was extracted by hydrodistillation and analyzed by GC-FID and GC-MS. Cell viability and the effects of N-acetylcysteine were checked with Trypan Blue; ROS formation with DCFH-DA; mitochondrial function with Rhodamine 123; cell death with Annexin V-PE and 7-AAD; superoxide dismutase and catalase activities by spectrophotometry; and the expressions of SIRT-1 and PADPR by Western Blotting. Results: The molecules identified as major components of EO were (E)-nerolidol (31.13%), α-humulene (14.83%) and (E)-caryophyllene (6,79%). EO decreased cell viability, with IC50 of 4.15 μg/ml (3 h) and 4.49 μg/ml (24 h); increased mitochondrial depolarization and ROS production; decreased superoxide dismutase activity; increased PADPR levels and decreased levels of XIII SIRT1; induced cell death by necrosis and late apoptosis. Cellular pretreatment with N-acetylcysteine restored cell viability. Conclusion: EO exerts cytotoxic effect in a concentration-dependent manner, by the induction of cellular oxidative stress with involvement of mitochondrial damage and modulation of antioxidant response and DNA repair.en
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufcspa.edu.br/handle/123456789/391
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.requiresAdobe Readerpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto Imediato*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/*
dc.subjectPiper gaudichaudianum Kunthpt_BR
dc.subjectÓleospt_BR
dc.subjectCitotoxicidade Imunológicapt_BR
dc.subject[en] Oilsen
dc.subject[en] Cytotoxicity, Immunologicen
dc.titleInvestigação do mecanismo de citotoxicidade do óleo essencial de Piper gaudichaudianum Kunth em células V79pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
[DISSERTAÇÃO] Ramos, Fabiana
Tamanho:
4.53 MB
Formato:
Unknown data format
Descrição:
Texto completo
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Plain Text
Descrição: