Características acústicas da deglutição infantil: auscultação cervical

dc.contributor.advisorCardoso, Maria Cristina de Almeida Freitas
dc.contributor.advisor-coBarbosa, Lisiane de Rosa
dc.contributor.authorDhein, Cecília Cristine Pohren
dc.date.accessioned2016-10-11T20:11:03Z
dc.date.accessioned2023-10-09T13:51:09Z
dc.date.available2016-10-11T20:11:03Z
dc.date.available2023-10-09T13:51:09Z
dc.date.date-insert2016-10-11
dc.date.issued2016
dc.descriptionDissertação (Mestrado)-Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.pt_BR
dc.description.abstractINTRODUÇÃO: A deglutição é uma das primeiras funções encontradas em fetos saudáveis, apresenta um processo de maturação que ocorre simultaneamente ao processo de desenvolvimento da criança, exigindo coordenação entre as funções de respiração, sucção e deglutição. A ausculta cervical digital é um instrumento que permite ouvir os sons produzidos durante este processo. Este tema é pouco explorado na literatura atual, porém apresenta grande relevância. OBJETIVO: Estabelecer o padrão acústico dos ruídos da deglutição infantil a partir da auscultação cervical digital de uma população pediátrica. METODOLOGIA: Estudo quantitativo descritivo observacional transversal. Após assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), um questionário com informações do desenvolvimento da criança foi respondido. Foi realizada ausculta cervical digital em horário habitual de alimentação das crianças nas creches. As gravações foram analisadas quanto ao tempo, freqüência e intensidade no software Praat. Para descrever o perfil da amostra foram feitas tabelas de frequência das variáveis categóricas, e estatísticas descritivas, com valores de média, desvio padrão, valores mínimo e máximo, mediana e quartis. Foram utilizados o teste de Friedman e o teste de Mann-Whitney. O nível de significância adotado foi de 5%, ou seja, P<0.05. RESULTADOS: Participaram da pesquisa 28 crianças, sendo 57% do sexo feminino. A idade variou entre 6 a 11 meses (mediana 9 meses). A duração média das deglutições foi de 0,98 segundos, a frequência de 1788 Hz, o pico da freqüência de 2871,3 Hz e a Intensidade de 76,31 dB. CONCLUSÃO: Os dados se apresentaram maiores na população estudada em comparação com os achados em adultos disponíveis na literatura. A importância desse estudo está na definição de parâmetros acústicos da auscultação cervical específicos da população infantil.pt_BR
dc.description.abstract-enINTRODUCTION: Swallowing is one of the first functions found in healthy fetuses, has a maturation process that occurs simultaneously with the child’s development process, requiring coordination between the functions of breathing, sucking and swallowing. The digital cervical auscultation is a tool that allows listening to the sounds produced during this process. This theme is hardly explored in the literature, however it is highly relevant. OBJECTIVES: To establish the standard of swallowing noises of children up to one year old, from municipal nursery schools of the city of Ivoti- RS. APPROACH: Cross- sectional observational descriptive quantitative study. After signing the Clarified and Free Consent Term (TCLE), a questionnaire with information about the child’s development has been answered. Digital cervical auscultation was performed in the usual time of feeding children in the nursery schools. The recordings were analyzed regarding to time, frequency and intensity in the Praat software. The significance level adopted was 5%, ie, P <0.05. RESULTS: 28 children participated of the study, being 57% female. The age ranged from 6 to 11 months (median 9 months). The average length of swallows was 0.98 seconds, the frequency of 1788 Hz, peak frequency of 2871.3 Hz and the intensity of 76.31 dB and intervals of 3,35 seconds. In comparison between genders, all the male averages were higher. When compared regarding to age, 0-6 and 7-12 months, a significant difference for the average duration of swallowing (p= 0.049) has been verified, being the higher values observed in the 0-6 months old group. CONCLUSION: Data presented being higher on population studied in comparison to the same findings in adults. The importance of this study lays on the definition of the acoustic parameters of cervical auscultation specifically for the infant population.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufcspa.edu.br/handle/123456789/243
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.requiresAdobe Readerpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto Imediato*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/*
dc.subjectDeglutiçãopt_BR
dc.subjectCriançapt_BR
dc.subjectAuscultaçãopt_BR
dc.subjectEstetoscópiospt_BR
dc.subjectTranstornos de Deglutiçãopt_BR
dc.subject[en] Deglutitionen
dc.subject[en] Childen
dc.subject[en] Auscultationen
dc.subject[en] Stethoscopesen
dc.subject[en] Deglutition Disordersen
dc.titleCaracterísticas acústicas da deglutição infantil: auscultação cervicalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
[DISSERTAÇÃO] Dhein, Cecília Cristine Pohren
Tamanho:
426.68 KB
Formato:
Unknown data format
Descrição:
Texto completo
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Plain Text
Descrição: