Efeito da microinjeção intracerebroventricular de somatostatina nos comportamentos apetitivos e de ingestão alimentar de ratos

dc.contributor.advisorRasia Filho, Alberto Antonio
dc.contributor.authorScalcon, Marli Teresinha Sita
dc.date.accessioned2016-10-18T19:23:05Z
dc.date.accessioned2023-10-09T18:55:52Z
dc.date.available2016-10-18T19:23:05Z
dc.date.available2023-10-09T18:55:52Z
dc.date.date-insert2016-10-18
dc.date.issued2013
dc.descriptionDissertação (Mestrado)-Programa de Pós-Graduação em Patologia, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.pt_BR
dc.description.abstractIntrodução: Diversos estudos evidenciaram a ação de neuropeptídeos no comportamento alimentar e seleção de macronutrientes a serem ingeridos para a homeostasia energética. Essas ações envolvem complexas conexões de diversas áreas do sistema nervoso central (SNC). A somatostatina (SST) é um neuropeptídeo cuja ação nos comportamentos ingestivos ainda é pouco estudada, porém, nos relatos existentes, há efeitos contraditórios sobre o comportamento alimentar em ratos. Objetivos: Estudar o efeito da microinjeção intracerobroventricular (icv) de SST nos comportamentos apetitivo e consumatório alimentar de ratos no modelo de acesso à dieta de seleção de macronutrientes isolados (com composição preferencial glicídica, proteica ou lipídica). Material e Método: O desenho experimental envolveu 16 dias sequenciais para cada grupo experimental, em projeto aprovado pelo CEUA/UFCSPA (protocolo no 066/11). Ratos Wistar adultos machos, inicialmente mantidos em condições padrão de biotério, compuseram aleatoriamente os seguintes grupos experimentais (n = 8 em cada grupo): controle geral submetido a procedimento “sham” para microinjeção icv, animais microinjetados com líquido cefalorraquidiano artificial (aCSF, 5 µl) ou com SST (nas doses de 1 µg e 10 µg/5 µl). Todos os animais foram colocados isoladamente em gaiolas metabólicas e a adaptação adequada dos ratos a cada nova condição experimental foi avaliada ao longo de todo o estudo. Foram registrados os resultados do consumo alimentar tanto de dieta padrão quanto das dietas de seleção de macronutrientes. As microinjeções ocorreram no último dia X experimental e, como teste para os grupos experimentais, o comportamento alimentar foi analisado durante 2 horas de livre acesso às dietas seletivas, após período de jejum forçado. Os comportamentos apetitivos analisados foram o de busca pelos potes contendo alimento e o número de vezes que o animal procurou comer qualquer uma das dietas. O consumo alimentar foi avaliado pelo peso (em gramas) efetivamente ingerido de cada dieta seletiva. Os dados foram analisados com comparações “intragrupo” e entre os grupos experimentais e o nível de significância estatística foi estabelecido em p < 0,05. Resultados: Em todos os grupos experimentais, ratos preferiram ingerir dieta hiperglicídica. A microinjeção de ambas as doses de SST aumentou a ocorrência dos comportamentos apetitivos em relação aos grupos controle, mas não promoveu maior consumo da dieta hiperglicídica. Conclusão: No presente modelo experimental em ratos, SST por via icv gerou aumento da procura por alimento, mas não a ingestão de dieta seletiva de macronutrientes isolados, o que indica ser este peptídeo um neuromodulador do comportamento alimentar mais do que uma substância crucial para sua ocorrência.pt_BR
dc.description.abstract-enThe central control of feeding behavior in rats involves different neuropeptides with orexigenic and anorexigenic modulatory actions. Here, it was studied the effects of intracerebroventricular (icv) microinjection of somatostatin on the appetitive and consummatory ingestive behaviors of rats under the paradigm of the self-selection macronutrient isolated diets [high carbohydrate (high-CHO), high-protein and high-lipid food pellets]. Adult male rats were submitted to a sham procedure (n=8) or received icv microinjections of artificial cerebrospinal fluid (aCSF; 5µL, n=8) or somatostatin (1µg and 10µg/5µL, n=10 and 8, respectively). Control and test data were obtained after a fasting protocol. Feeding behavior was evaluated along a 2-hr test period of free access to the selective diets. Rats in all groups adapted well to the experimental condition and preferred the high-CHO diet. Animals from the sham and aCSF groups showed similar results. Interestingly, both doses of somatostatin increased appetitive behaviors but there was a high variability in the basal consumption of the high-CHO diet that precluded further comparisons of the somatostatin effects with those from the control groups. When testing “within- groups” effects, both doses of somatostatin did not induce significant changes neither in consummatory feeding behavior. These data impose new and relevant methodological improvements for the evaluation of feeding responses in rats, notably on the use of “within-groups” comparisons, and evidence effects of central somatostatin as a neuromodulator of the appetitive display in the present behavioral model.pt_BR
dc.description.sponsorshipCAPES, PIBIC-PICpt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufcspa.edu.br/handle/123456789/342
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.requiresAdobe Readerpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto Imediato*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/*
dc.subjectSomatostatinapt_BR
dc.subjectComportamento Apetitivopt_BR
dc.subjectIngestão de Alimentospt_BR
dc.subjectRatos Wistarpt_BR
dc.subject[en] Somatostatinen
dc.subject[en] Appetitive Behavioren
dc.subject[en] Eatingen
dc.subject[en] Rats, Wistaren
dc.titleEfeito da microinjeção intracerebroventricular de somatostatina nos comportamentos apetitivos e de ingestão alimentar de ratospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
[DISSERTAÇÃO] Scalcon, Marli Teresinha Sita
Tamanho:
613.62 KB
Formato:
Unknown data format
Descrição:
Texto completo
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Plain Text
Descrição: