Efeitos de implantes de células-tronco sobre o desempenho de ratos em um modelo de doença de Alzheimer

dc.contributor.advisorOliveira Júnior, Alcyr Alves de
dc.contributor.advisorCassol, Mauriceiapt_BR
dc.contributor.authorBertuzzi, Leticia Domingues
dc.date.accessioned2016-10-11T15:20:32Z
dc.date.accessioned2023-10-09T13:51:14Z
dc.date.available2016-10-11T15:20:32Z
dc.date.available2023-10-09T13:51:14Z
dc.date.date-insert2016-10-11
dc.date.issued2013
dc.descriptionDissertação (Mestrado)-Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.pt_BR
dc.description.abstractAtualmente, a doença de Alzheimer é a mais prevalente enfermidade neurodegenerativa associada ao envelhecimento e à disfuncionalidade no sistema nervoso central. Caracteriza-se clinicamente pelo progressivo prejuízo das funções cognitivas, em especial, pela perda da memória. No entanto, outras funções como a atenção, orientação, capacidade de planejamento e organização de ideias também ficam comprometidas, levando à inabilidade de viver independente. Esses prejuízos resultam de alterações estruturais e funcionais de várias áreas do córtex cerebral. Evidências neuropatológicas da doença de Alzheimer incluem a presença de placas peptídicas de proteína βAmilóide associadas a redes de neurofibrilamentos em corpos celulares no prosencéfalo basal e nas vias colinérgicas neocorticais. O tratamento farmacológico atual não é curativo, mas paliativo. Assim, pesquisas sobre implantes de células-tronco surgem como uma perspectiva promissora para o tratamento curativo de doenças do sistema nervoso central. Tendo isso em vista, o presente estudo propôs investigar o efeito de implantes de célulastronco oriundas da polpa dental de dente decíduo humano, de tecido adiposo humano e tecido renal de camundongos sobre o comportamento de ratos com lesões no núcleo basal magnocelular, em um modelo de doença de Alzheimer. Para o estudo, foram utilizados ratos Wistar, machos, adultos. À exceção do grupo controle, todos os animais receberam infusões unilaterais de AMPA para a lesão do núcleo basal magnocelular. Transcorridos 21 dias das cirurgias para a lesão, os animais receberam os implantes de células-tronco. Após a recuperação, os roedores foram avaliados nos testes do campo aberto, labirinto em T-Elevado e reconhecimento de objetos. Exames imunohistológicos foram realizados, a fim de comprovar a lesão e o comportamento das células-tronco implantadas. Os resultados evidenciaram que animais implantados com células-tronco de tecido adiposo humano e dentina humana obtiveram melhora no desempenho comportamental quando comparados ao grupo lesão.pt_BR
dc.description.abstract-enAlzheimer’s disease is the most prevalent neurodegenerative disorder related to aging and central nervous system dysfunctions. It is characterized by the progressive loss of cognitive functions, specially, the memory. However, besides compromising the memory, Ad is responsible for deficits in attention, orientation, organization, the capacity of planning and judging, among other cognitive functions leading to the inability of living independently. These deficits result from structural and functional changes of various cortical areas. Pathological hallmarks of Alzheimer’s disease are dystrophic neuritis associated with plaques and neurofibrillary tangles within nerve cell bodies in the basal forebrain and neocortical cholinergic pathways. Pharmacological treatment is only palliative. Thus, researches on stem cells implants emerge as promising prospects for the cure of central nervous system’s disorders. The aim of this study was to investigate the effects of stem cells implants from human dental pulp, human adipose tissue and mice renal tissue on the behavior of rats in a model for Alzheimer's disease. To this purpose, male adult rats of Wistar strain underwent stereotactic surgery for lesions of nucleus basalis magnocellularis with unilateral AMPA infusions. Twenty one days from surgery for lesions, animals received stem cells implants. After implants’ recovery, rats were evaluated in the following behavioral tests: open field, elevated-T maze and object recognition. Immune histological exams pointed out the extent of caused injury and the performance of implanted stem cells. Results showed an improvement of implanted rats with human dental pulp and human adipose tissue over those with no implants.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufcspa.edu.br/handle/123456789/212
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.requiresAdobe Readerpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto Imediato*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/*
dc.subjectDoença de Alzheimerpt_BR
dc.subjectImplante de Células-Troncopt_BR
dc.subjectComportamentopt_BR
dc.subject[en] Alzheimer Diseaseen
dc.subject[en] Stem Cellsen
dc.subject[en] Behavioren
dc.titleEfeitos de implantes de células-tronco sobre o desempenho de ratos em um modelo de doença de Alzheimerpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
[DISSERTAÇÃO] Bertuzzi, Leticia Domingues
Tamanho:
1.54 MB
Formato:
Unknown data format
Descrição:
Texto completo
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.71 KB
Formato:
Plain Text
Descrição: