Caso Josefa: Sífilis - fluxograma de diagnóstico e manejo

Imagem de Miniatura
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Editor
Resumo
Fluxograma que demonstra a maioria das pessoas com sífilis tende a não ter conhecimento da infecção devido à ausência ou escassez de sintomatologia, dependendo do estágio da infecção. Assim, todos os profissionais de saúde devem estar aptos a interpretar os resultados dos testes utilizados para o diagnóstico da sífilis.
Descrição
Objetivos de aprendizagem: Conhecer a repercussão da sífilis materna e congênita na saúde maternoinfantil; reconhecer o diagnóstico e indicar o tratamento mais adequado da sífilis materna e congênita; saber notificar e acompanhar os casos de sífilis materna e congênita; conhecer a repercussão da infecção urinária durante a gestação na saúde maternoinfantil; reconhecer o diagnóstico e indicar o tratamento mais adequado da infecção urinária na gestação; saber acompanhar os casos de infecção urinária na gestação; refletir sobre exame ginecológico realizado por profissional masculino.
Palavras-chave
Promoção da Saúde, Atenção Primária à Saúde, Saúde da Família, Vigilância em Saúde Pública, Saúde da Criança, Saúde da Mulher, Doenças Sexualmente Transmissíveis, Sífilis Congênita, Sífilis, Treponema pallidum, Cancro, Sorodiagnóstico da Sífilis, Notificação Compulsória, Transmissão Vertical de Doença Infecciosa
Citação
Coleções