Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufcspa.edu.br/jspui/handle/123456789/732
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[DISSERTAÇÃO] Pautasso, Fernanda FelipeTexto parcial1,78 MBAdobe PDFView/Open
Title: Desenvolvimento de um programa de navegação em um centro de alta complexidade
Authors: Pautasso, Fernanda Felipe
metadata.dc.contributor.advisor: Caregnato, Rita Catalina Aquino
metadata.dc.contributor.advisor-co: Flores, Cecília Dias
Issue Date: 2018
Keywords: Navegação de Pacientes
Enfermeiro Navegador
Programa
[en] Patient Navigation
[en] Nurses
[en] Programs
Abstract: A navegação de pacientes (NP) é um processo em que um indivíduo, denominado navegador de pacientes, guia as pessoas com diagnóstico ou suspeita de alguma doença crônica e as ajuda a “navegar” pelo sistema e serviços de saúde. Atualmente, nos programas internacionais os navegadores são profissionais da área da saúde, estudantes e leigos voluntários, cada um com atribuições específicas de acordo com o seu nível de conhecimento. Em países como os Estados Unidos da América e Canadá, a maioria dos navegadores são enfermeiros. O objetivo deste estudo foi desenvolver um Programa de Navegação para pacientes oncológicos, adaptado a realidade de um Centro de Alta Complexidade em Oncologia (CACON), localizado no Rio Grande do Sul. Trata-se de uma pesquisa convergente assistencial (PCA), no desenvolvimento de um novo processo assistencial de Navegação de Pacientes, fundamentado no modelo proposto pelo The GW Cancer Institute da George Washington University, adaptado para a realidade brasileira de um CACON da região sul do Brasil. O planejamento foi estruturado no Ciclo de Desenvolvimento de Programas, adaptado a realidade do hospital em foco, seguindo quatro etapas: 1) Diagnóstico; 2) Planejamento; 3) Implantação; 4) Avaliação. Os resultados de cada etapa foram fundamentais para a estruturação do Programa de NP. O diagnóstico identificou: atendimento de 7.310 pacientes, sendo 56,30% feminino; 43% na faixa etária entre 61–75 anos; 45,88% casados; 61,46% provenientes de Porto Alegre e região metropolitana. O perfil de atendimentos, foi: oncologia clínica especialidade mais atendida com 7.308 (45,17%) consultas, seguida pela cirurgia de mama (1.893 pacientes) e a cirurgia de cabeça e pescoço (1.574 pacientes). A escolha da população alvo, pacientes com câncer de cabeça e pescoço, ocorreu a partir do perfil de: atendimentos, funcionamento e assistencial. As etapas de planejamento e implementação ocorreram simultaneamente. A realização e a implantação do piloto de navegação permitiram realizar o desenho da formatação básica do programam e de seus processos, construídos durante a observação e desenvolvimento da prática junto aos pacientes. Para realizar a triagem dos pacientes que deverão ser inseridos no Programa, foi necessário desenvolver um instrumento denominado “Escala de Avaliação de Necessidade de Navegação” (EANN), validado pela Técnica de Delphi (TD). Durante os atendimentos aos pacientes ocorreu a construção da primeira versão da EANN, pois foi observado que nem todos os pacientes apresentavam as mesmas carências em relação a navegação. A validação deste instrumento ocorreu em duas rodadas, com a participação final de 12 especialistas e índice de consenso de 96,42%. Foram estruturados, nesta etapa os perfis dos navegadores e as capacitações para qualificação dos mesmos. A avaliação das etapas 1, 2 e 3 do ciclo de desenvolvimento de programas foram avaliadas através do ciclo PDSA adaptado pela pesquisadora. Cada uma delas foi analisada quanto ao atendimento dos objetivos e obtenção dos resultados esperados e todas atingiram as metas estabelecidas. Assim, considerando a linha de pesquisa no qual a pesquisadora está inserida, Integração Universidade, Serviço de Saúde e Comunidade, um Programa de Navegação para pacientes oncológicos, adaptado à realidade de um CACON no Brasil, adequado às necessidades dos pacientes e ao funcionamento do serviço, foi desenvolvido resultando em produtos, a saber: o modelo de Programa de NP, EANN, o Guia de desenvolvimento e implantação de programas de NP para centros de alta complexidade em oncologia no Brasil, o perfil dos navegadores (enfermeiro navegador, navegador acadêmico e navegador profissional) e artigo publicado. Contudo, a implantação do modelo desenvolvido para o CACON ainda não foi efetivada e, certamente, tal ação acarretará em importantes mudanças no seu contexto assistencial. Nesse sentido, esta pesquisa não representa um ponto final, mas sim um início no que se refere ao estudo da navegação e atuação dos atores deste processo, principalmente da figura do enfermeiro navegador, no contexto brasileiro.
Description: Dissertação (Mestrado)-Programa de Pós-Graduação em Ensino na Saúde, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.
metadata.dc.rights: Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
metadata.dc.relation.requires: Adobe Reader
metadata.dc.date.date-insert: 2019-08-29
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGENSAU - Dissertações



Creative Commons
This item is licensed under a Creative Commons License