Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufcspa.edu.br/jspui/handle/123456789/543
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[DISSERTAÇÃO] Baldissera, Gabriela LeivasTexto integral1,39 MBAdobe PDFView/Open
Title: Efeito agudo da laserterapia de baixa potência na dor e na capacidade funcional de doentes renais crônicos em hemodiálise: ensaio clínico randomizado
Authors: Baldissera, Gabriela Leivas
metadata.dc.contributor.advisor: Plentz, Rodrigo Della Méa
metadata.dc.contributor.advisor-co: Baroni, Bruno Manfredini
Issue Date: 2016
Keywords: Doença Renal Crônica
Hemodiálise
Desempenho Funcional
Terapia a Laser de Baixa Potência
[en] Renal Insufficiency, Chronic
[en] Renal Dialysis
[en] Physical Functional Performance
[en] Low-Level Light Therapy
Abstract: Introdução: A laserterapia de baixa potência (LBP) tem sido usada com sucesso na atenuação da fadiga muscular e na recuperação muscular pós-exercício em pacientes saudáveis e atletas, apresentando-se como uma estratégia não invasiva e não farmacológica para melhorar o desempenho no exercício. Há poucas evidencias em pacientes com patologias clínicas e nenhum estudo aplicando a LBP em doentes renais. Nesse sentido, torna-se importante estudar os efeitos agudos da LBP nessa população específica Objetivo: objetivo deste estudo foi avaliar o efeito agudo da LBP na dor e na capacidade funcional de doentes renais crônicos em hemodiálise. Metodologia: Foi realizado um ensaio clínico randomizado, onde dezesseis pacientes foram recrutados e randomizados em dois grupos, 8 no grupo intervenção (GI) e 8 no grupo placebo (GP). Foi realizada aplicação da LBP (multidiodo cluster, 850 nm, 200 mW, 30 J em cada ponto, 30 segundos cada aplicação) de maneira ativa e placebo em 8 pontos (dois pontos em reto femoral, dois pontos em vasto lateral, dois pontos em vasto medial e dois pontos em gastrocnêmios) antes da avaliação da capacidade funcional através do teste de caminhada de 6 minutos (TC6min). Foram avaliadas a dor em membros inferiores através da escala visual analógica e a percepção subjetiva de esforço pela Escala de BORG (ambos avaliados pré aplicação da LBP e após a realização do TC6min). O nível de atividade física através do questionário IPAQ foi avaliado no momento em que os pacientes foram recrutados para o estudo. Resultados: Observou-se que após o TC6min a dor referida pelos pacientes foi menor no GI quando comparada com o GP (p = 0,004), assim como a percepção subjetiva de esforço (p < 0,001). A distância percorrida pelos pacientes do GI quando comparada com o GP foi maior (p = 0,006). Também foi possível observar uma forte correlação entre a distância percorrida no TC6min e o questionário IPAQ (r = 0,836 e p < 0,001). Conclusão: Concluímos que a aplicação da LBP, seguindo os parâmetros utilizados na literatura, possui um efeito protetor sobre a dor e a percepção subjetiva de esforço em DRC em hemodiálise.
metadata.dc.description.abstract-en: Introduction: Low-level laser therapy (LLLT) has been used successfully in attenuating muscle fatigue and post-exercise muscle recovery in healthy patients and athletes, presenting as a non-invasive, non-pharmacological strategy to improve exercise performance. There is little evidence in patients with clinical conditions and no studies applying LLLT in renal patients. In this sense, it becomes important to study the acute effects of LBP in this specific population Objective: This study aimed to evaluate the effect of acute LLLT on pain and functional capacity of chronic renal failure patients on hemodialysis. Methods: A randomized clinical trial, where sixteen patients were recruited and randomized into two groups, 8 in the intervention group (IG) and 8 in the placebo group (GP). A LLLT application was made (multidiode cluster, 850 nm, 200 mW, 30 J at each point, 30 seconds each application) active and placebo way in 8 points (two points in the rectus femoris, two points in the vastus lateralis, two points in vastus medial and two points in gastrocnemius) before the assessment of functional capacity through the 6-minute walk test (6MWT). Pain in the lower limbs through the visual analogue scale and perceived exertion through the Borg Scale (both assessed before application of LBP and after performing the 6MWT) were evaluated. The level of physical activity through the IPAQ questionnaire was evaluated by the time that patients were recruited for the study. Results: It was observed that after the 6MWT the pain reported by the patients was lower in the GI when compared with the GP (p = 0.004), as well as the subjective perception of effort (p <0.001). The distance walked by GI patients when compared to GP was higher (p = 0.006). It was also possible to observe a strong correlation between the distance walked in the 6MWT and the IPAQ questionnaire (r = 0.836 and p <0.001). Conclusion: We conclude that the application of LBP, following the parameters used in the literature, has a protective effect on pain and the subjective perception of effort in CKD on hemodialysis.
Description: Dissertação (Mestrado)-Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre
metadata.dc.rights: Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
metadata.dc.relation.requires: Adobe Reader
metadata.dc.date.date-insert: 2017-10-13
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGCR - Dissertações



Creative Commons
This item is licensed under a Creative Commons License