Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufcspa.edu.br/jspui/handle/123456789/508
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[TESE] Gurgel, Léia GonçalvesTexto integral2,16 MBAdobe PDFView/Open
Title: Teste informatizado e dinâmico de escrita – TIDE: evidências de validade baseadas na teoria psicométrica clássica e teoria de resposta ao item
Authors: Gurgel, Léia Gonçalves
metadata.dc.contributor.advisor: Reppold, Caroline Tozzi
metadata.dc.contributor.advisor-co: Joly, Maria Cristina Rodrigues Azevedo
Oliveira, Mônica Maria Celestina de
Issue Date: 2017
Keywords: Estudos de Validação
Linguagem Escrita
Potencial de Aprendizagem
Adolescentes
Avaliação Dinâmica
[en] Validation Studies
[en] Language
[en] Learning
[en] Adolescent
Abstract: O Teste Informatizado e Dinâmico de Escrita – TIDE é um instrumento original e inovador, que objetiva avaliar, com base nas premissas da avaliação dinâmica, o potencial de aprendizagem em escrita narrativa de adolescentes. O objetivo da presente tese foi buscar evidências de validade para este instrumento considerando análises com base na Teoria Psicométrica Clássica e a Teoria de Resposta ao Item. A presente tese é composta por três artigos que incluíram uma amostra de 304 participantes, de escolas públicas e privadas da região Sul do Brasil. A idade variou entre 10 e 17 anos, sendo 64,5% do sexo feminino, e 91,8% de escola pública. O primeiro artigo buscou evidências de validade de estrutura interna baseada na Teoria Psicométrica Clássica. Este estudo revelou, por meio do teste Kendall, concordância entre os avaliadores nas correções dos textos gerados pelo TIDE, sendo este dividido em três módulos. O primeiro módulo, pré-teste, foi dividido em dois fatores e o segundo módulo, instrucional, em três fatores. A precisão foi verificada pelo cálculo do Alpha de Cronbach, estando superior a 0,7 para os dois módulos. A análise do terceiro módulo, pós-teste, apontou evolução dos participantes no que diz respeito ao potencial de aprendizagem. O segundo estudo teve como objetivo apresentar dados relacionados com a busca de evidências de validade de estrutura interna com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI). Para este estudo, a unidimensionalidade dos módulos em análise foi comprovada, satisfazendo critério para a realização das análises por meio da TRI. O módulo pré-teste foi ajustado para o modelo logístico de dois parâmetros, com Alpha de Cronbach de 0,8291. Todos os itens apresentaram valores adequados de discriminação, que variaram entre 1,884 e 3,495. A dificuldade dos itens variou de -0,016 a 1,272. O módulo instrucional foi ajustado pelo modelo de resposta gradual de Samejima, apresentando Alpha de Cronbach de 0,91. O modelo ajustado forneceu valores de discriminação considerados adequados para todos os itens. A análise da relação dos módulos do instrumento com as variáveis idade, escolaridade e sexo apontou que não há relação destes aspectos com os itens do TIDE, revelando homogeneidade nas respostas da amostra e independência em relação a estes critérios. O terceiro e último estudo incluiu a busca de evidências de validade com base em critérios externos, considerando o desempenho ortográfico e a cognição, avaliados por meio de um ditado e do WISC-III. Em relação ao critério ortográfico, o módulo pré-teste do TIDE esteve negativamente associado aos erros do ditado, com exceção dos erros relacionados com irregularidades da língua. O módulo instrucional correlacionou-se de forma significativa negativa com os três tipos de erro do ditado. Os resultados apontam que, quanto melhor é o desempenho do sujeito em escrita narrativa, menos erros ortográficos este produzirá em tarefas voltadas à ortografia. Em relação aos aspectos cognitivos, o módulo pré-teste não estave associado aos aspectos cognitivos e de inteligência avaliado pelos subtestes do WISC-III. O módulo instrucional, por sua vez, correlacionou-se de forma significativa positiva com os quatro subtestes do WISC-III. A partir dos resultados apresentados nesta tese, concluiu-se que o Teste Informatizado e Dinâmico de Escrita – TIDE tem robustas evidências de validade com base na estrutura interna, no processo de resposta e em variáveis externas, como desempenho ortográfico cognição.
Description: Tese (Doutorado)-Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre
metadata.dc.rights: Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
metadata.dc.relation.requires: Adobe Reader
metadata.dc.date.date-insert: 2017-08-01
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGCS - Teses



Creative Commons
This item is licensed under a Creative Commons License