Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufcspa.edu.br/jspui/handle/123456789/253
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[DISSERTAÇÃO] Fontana, CriscieleTexto integral657,22 kBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação da influência de polimorfismos nos genes DRD4 e SLC6A3 sobre ingestão alimentar e parâmetros antropométricos de crianças
Authors: Fontana, Crisciele
metadata.dc.contributor.advisor: Almeida, Silvana de
metadata.dc.contributor.advisor-co: Genro, Julia Pasqualini
Issue Date: 2013
Keywords: Dopamina
DRD4
SLC6A3
Polimorfismo Genético
Ingestão de Alimentos
Parâmetros de Adiposidade
[en] Dopamine
[en] Polymorphism, Genetic
[en] Eating
[en] Adiposity
Abstract: A obesidade na infância é um crescente problema de saúde mundial, cujas causas podem ser atribuídas à predisposição genética, aliada à inatividade física e à alimentação inadequada. A dopamina está envolvida na regulação da ingestão alimentar sob comando do sistema nervoso central. O gene DRD4 codifica o receptor de dopamina D4 e o gene SLC6A3 codifica o transportador de dopamina (DAT), polimorfismos nesses genes podem influenciar em diferenças na recompensa alimentar. Os objetivos desse trabalho foram investigar a associação do polimorfismo exon 3 VNTR do gene DRD4 e dos polimorfismos 3’UTR VNTR, rs2550948, rs2652511 e rs1048953 do gene SLC6A3 com ingestão alimentar e parâmetros de adiposidade em crianças em três fases do desenvolvimento: no primeiro ano de vida, aos 3 a 4 anos e aos 7 a 8 anos. A análise genotípica dos polimorfismos VNTR foi realizada através de PCR seguida de eletroforese em gel de agarose. Os SNPs foram analisados em equipamento de automação laboratorial pela metodologia Taq Man©. As variáveis foram comparadas entre os grupos por General Linear Model, por ANOVA, pelo teste U de Mann-Whitney ou por Kruskal Wallis. As frequências genotípicas encontradas estão de acordo com estudos prévios e em equilíbrio de Hardy-Weinberg. Na comparação entre os diferentes genótipos foram observadas associações entre os alelos de maior atividade dopaminérgica dos polimorfismos DRD4 exon 3 VNTR e SLC6A3 3’UTR VNTR com maior ingestão de alimentos palatáveis e maiores medidas de circunferência da cintura das crianças aos 3 a 4 anos. O polimorfismo rs1048953 esteve associado à ingestão energética diária no mesmo período e à razão cintura-estatura das crianças aos 7 a 8 anos. Nossos resultados sugerem que portadores dos alelos de maior atividade dopaminérgica dos polimorfismos DRD4 exon 3 VNTR e SLC6A3 3’UTR VNTR e portadores do genótipo T/T da variante rs1048953 podem apresentar risco aumentado para ingestão alimentar excessiva, visto que maior atividade dopaminérgica pode aumentar o valor motivador percebido pela recompensa alimentar e, possivelmente, levar a obesidade. Mais estudos são necessários para melhor suportar nossas observações.
metadata.dc.description.abstract-en: Childhood obesity is a crescent world health problem, whose causes can be attributed to the genetic predisposition, allied to the physical inactivity and the inadequate feeding. Dopamine is involved in the food intake regulation under the central nervous system control. The DRD4 gene encodes for D4 dopamine receptor and the SLC6A3 gene encodes the dopamine transporter (DAT), polymorphisms in those genes can influence differences on food reward. The aim of this study was to investigate the association of the polymorphisms in the genes DRD4 (exon 3 VNTR) and SLC6A3 (3’UTR VNTR, rs2550948, rs2652511 and rs1048953) with food intake and nutritional status in children in three development phases: in the first year of life, at 3 to 4 years and at 7 to 8 years old. The genotype analysis of VNTR polymorphisms was accomplished through PCR following by eletroforese on agarose gel. SNPs were genotyped using automation laboratorial equipment by the Taq Man© methodology. Variables were compared among the groups by Lineal General Model, by ANOVA, by U test of Mann-Whitney or by Kruskal-Wallis. The genotypes frequencies observed were in agreement with previous studies and with those expected under Hardy–Weinberg equilibrium. When different genotypes were compared it was observed associations among the alleles of higher dopamine activity of the polymorphisms DRD4 exon 3 VNTR and SLC6A3 3'UTR VNTR with higher intake of palatable foods and higher waist circumference of children at 3 to 4 years. The rs1048953 polymorphism was associated with average energy intake daily in the same period and with ratio waist-to-height of children at 7 to 8 years. Our results suggest that the carriers of the high dopamine activity alleles of the polymorphisms DRD4 exon 3 VNTR and SLC6A3 3'UTR VNTR and carriers of T/T genotype of the variant rs1048953 can present increased risk for overeating, since the high dopamine activity can increase the perceived incentive value of food reward and possibly lead to obesity. More studies are necessary to best support this hypothesis.
Description: Dissertação (Mestrado)-Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.
metadata.dc.rights: Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
metadata.dc.relation.requires: Adobe Reader
metadata.dc.date.date-insert: 2016-10-13
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGCS - Dissertações



Creative Commons
This item is licensed under a Creative Commons License