Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufcspa.edu.br/jspui/handle/123456789/163
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[DISSERTAÇÃO] Teixeira, Lívia Padilha deTexto integral2,6 MBAdobe PDFView/Open
Title: Evidências de validade do teste informatizado e dinâmico de Escrita - TIDE
Authors: Teixeira, Lívia Padilha de
metadata.dc.contributor.advisor: Reppold, Caroline Tozzi
Issue Date: 2015
Keywords: Linguagem Escrita
Potencial de Aprendizagem
Ansiedade
Autoimagem
Compreensão Verbal
Adolescente
[en] Anxiety
[en] Learning
[en] Self Concept
[en] Anxiety
[en] Adolescent
Abstract: Com a finalidade de avaliar o processo de aprendizagem e seus aspectos emocionais no âmbito psicoeducacional, tem-se o método da avaliação assistida ou dinâmica. Nesse contexto, o Teste Informatizado e Dinâmico de Escrita – TIDE objetiva avaliar o potencial de aprendizagem em escrita de textos narrativos, por meio da elaboração e revisão de um texto. Este instrumento foi elaborado para alunos dos últimos anos do Ensino Fundamental e é composto por três etapas: pré-teste, módulo instrucional e pós-teste. Com a finalidade de contribuir para o processo de validade do TIDE, o presente trabalho apresenta dois estudos: a verificação de evidências de validade para o TIDE e uma revisão sistemática acerca da avaliação do potencial de aprendizagem com instrumentos dinâmicos e estáticos. O primeiro estudo verificou evidências de validade com base nas variáveis externas de critério concorrente - série e idade - e de construtos relacionados, utilizando testes que avaliam autoestima, ansiedade e compreensão verbal. A amostra contou com 299 participantes com idade entre 10 a 17 anos, estudantes da rede pública e privada de Porto Alegre. Foram aplicados os instrumentos: Escala de Autoestima de Rosenberg, Escala de Avaliação de Ansiedade em Adolescentes e os subtestes Informação, Vocabulário e Compreensão do WISC-III. Calculou-se a relação entre estes construtos e o potencial de aprendizagem em escrita, diferenças entre grupos pelas variáveis série e idade, e precisão entre avaliadores. O TIDE possui três escores (I, II e III), os quais foram verificados individualmente para estas análises. Os resultados apontaram correlações significativas positivas entre o escore II do TIDE e os subtestes verbais e a escala de autoestima, bem como correlações negativas entre o Escore III e a escala de ansiedade. Os resultados demonstraram ausência de diferenças significativa para as variáveis série e idade. A precisão entre avaliadores apresentou concordância substancial à quase perfeita. Também foi possível identificar associação entre hábitos de leitura dos pais e desempenho no escore II. Foram encontradas diferenças significativas entre o desempenho no pré-teste e pós-teste do TIDE, indicando eficácia do módulo instrucional. Os resultados das análises demonstraram que o instrumento possui evidências de validade em relação à ansiedade, autoestima e componentes da compreensão verbal, e é sensível para a identificação de melhorias no desempenho dos participantes antes e após a intervenção instrucional. No segundo estudo, foram analisadas as publicações sobre avaliação do potencial de aprendizagem em crianças e adolescentes via associação entre instrumentos dinâmicos e estáticos. Descreveram-se as características dos estudos incluídos, das amostras, dos instrumentos utilizados, dos construtos avaliados e os resultados encontrados. Analisou-se a aplicabilidade da associação entre instrumentos dinâmicos e estáticos neste contexto, conduzindo-se ao entendimento desta associação como um recurso de grande valia para a verificação de evidências de validade, bem como a complementariedade de avaliações diagnósticas e psicoeducacionais. Diante dos dois estudos presentes, conclui-se que o TIDE possui evidências de validade, porém mais informações devem ser investigadas sobre o processo de validade do TIDE. Sugerem-se investigações sobre a precisão e fidedignidade do instrumento, bem como aprofundamentos sobre sua capacidade preditiva. Foi possível obter informações sobre as propriedades psicométricas deste novo teste e maior compreensão acerca do construto potencial de aprendizagem em escrita de textos narrativos.
metadata.dc.description.abstract-en: In order to evaluate the learning process and its affective and emotional aspects accorddingly to psychoeducational surrounding, the method of assisted or dynamic evaluation has been developed. In this context, Teste Informatizado e Dinâmico de Escrita - TIDE aims to evaluate the learning potential in writing narrative texts, through the formulation and revision of a text. This instrument was designed for students of last years of elementary school and has three stages: pre-test, instructional module and post-test. Aiming to contribute to the validity process of TIDE, this research presents two studies: research of validity evidences for TIDE and a systematic review on learning potential assessment with dynamic and static instruments. The first study found validity evidences based on external variables of concurrent criteria - school grade and age - and through tests that assess self-esteem, anxiety and verbal comprehension, considered related constructs for TIDE purposes. The sample consisted of 299 adolescents aged 10 to 17 years, students from public and private schools from Porto Alegre. Instruments applied were: Rosenberg’s Self-Esteem Scale, Anxiety Rating Scale in Adolescents, subtests Information, Vocabulary and Verbal Comprehension of WISCIII. The relations between these constructs and learning potential in writing was calculated, so as differences between groups for the variables school grade and age. Inter-rater reliability was also verified. TIDE has three scores (I, II and III) which were checked individually for these analysis. Results demonstrated significant positive correlations between the TIDE score II and verbal subtests and Rosenberg’s scale, as well a negative correlation between TIDE score III and Anxiety Rating Scale was found. Results showed no significant differences for the variable grade school and age. The inter-rater reliability showed substantial to almost perfect agreement between two evaluators. It was also possible to identify an association between parental reading habits and adolescent’s performance on TIDE score II. Significant differences were found between performance in TIDE pre-test and post-test, indicating effectiveness of the instructional module. Results showed that the instrument has validity evidences for anxiety, self-esteem and verbal comprehension components, and it is also sensitive to identify improvements in the performance of participants before and after the instructional intervention. In the second study, publications on the assessment of learning potential in children and adolescents by the association between dynamic and static instruments were analyzed. The characteristics of these included studies, its samples, instruments, constructs evaluated and results were described. The applicability of the association between dynamic and static instruments in this context was analyzed, leading to the recognition of this association as a great resource to check validity evidences as well as the complementarity of diagnostic and psychoeducational assessments. These two studies concluded that TIDE has validity evidences. However, new researches are recquired in order to investigate TIDE validity process. Future studies are suggested above accuracy and reliability to improve the instrument, as well as prediction properties. It was possible to obtain information on psychometric properties of this new test and a wide comprehension above learning potential in writing narrative texts.
Description: Dissertação (Mestrado)-Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.
metadata.dc.rights: Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
metadata.dc.relation.requires: Adobe Reader
metadata.dc.date.date-insert: 2016-07-07
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGCS - Dissertações



Creative Commons
This item is licensed under a Creative Commons License