Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufcspa.edu.br/jspui/handle/123456789/1133
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[TESE] Machado, Flavia AmaralTexto parcial1,42 MBAdobe PDFView/Open
Title: Elaboração, validação e normatização de uma bateria multidisciplinar infantil
Authors: Machado, Flavia Amaral
metadata.dc.contributor.advisor: Reppold, Caroline Tozzi
metadata.dc.contributor.advisor-co: Serafini, Adriana Jung
Issue Date: 2019
Keywords: Instrumento de Avaliação
Desenvolvimento Infantil
Linguagem
Habilidades Motoras
Função Executiva
[en] Child Development
[en] Language
[en] Motor Skills
[en] Executive Function
Abstract: A presente pesquisa teve como objetivo elaborar, validar e normatizar uma bateria de instrumentos composta por escalas destinadas à avaliação das habilidades necessárias no processo de escolarização inicial de crianças de 6 a 8 de idade. Para tanto, cada escala elaborada teve a finalidade de avaliar, de forma independente e dimensional, construtos relativos a três diferentes áreas do desenvolvimento infantil: linguagem, funções executivas e habilidades motoras. A presente Tese é composta por 4 artigos que incluíram uma amostra de 396 alunos de escolas públicas de Porto Alegre com idade de 6 a 8 anos. O primeiro artigo apresentou uma revisão sistemática de literatura nas intervenções em Funções Executivas (FEs) em crianças com dificuldade de aprendizagem, a fim de verificar o modelo e a efetividade das mesmas e os instrumentos utilizados para avaliação. No total, 117 artigos foram identificados. Destes, 7 foram incluídos com base nos critérios de elegibilidade. Todos artigos foram publicados em língua inglesa, a maioria (71,43%) nos últimos 5 anos, sendo os Estados Unidos e o Irã os países com maior número de estudos incluídos. O instrumento mais frequentemente utilizado para a avaliação das FES foi o Behavior Rating Inventory of Executive Function (BRIEF). Foi encontrada uma variedade de intervenções na presente revisão, organizadas como tarefas lúdicas, sendo que apenas uma era estruturada e registrada de maneira a permitir sua reprodução. As intervenções propostas nos estudos duravam entre 5 e 16 semanas. Os artigos foram avaliados quanto a sua qualidade metodológica, segundo critérios Cochrane para risco de viés. Os principais problemas identificados foram em relação à randomização, cegamento e descrição das perdas/exclusões dos estudos. O segundo artigo descreveu o processo de elaboração do instrumento construído ao longo do Doutorado, denominado Triagem do Desenvolvimento Infantil (TDI). Esse artigo teve como objetivo apresentar o teste, descrever as etapas de sua elaboração e demonstrar suas evidências de validade de conteúdo. Trata-se de uma bateria de rastreio para avaliação do desenvolvimento de crianças na fase inicial da escolarização, composto por 3 testes, que totalizam 81 itens. O Teste de Linguagem é composto por 42 itens relativos à avaliação de consciência fonológica, fluência verbal, escrita, leitura e interpretação de texto. O Teste de Funções Executivas é formado por 23 itens, que envolvem avaliação de flexibilidade cognitiva, memória de trabalho, inibição e processos atencionais. Por fim, o Teste de Habilidades Motoras é composto por 16 itens relativos à avaliação de motricidade fina, motricidade ampla e equilíbrio. O terceiro artigo buscou estimativas de precisão e evidências de validade baseada em variáveis externas do Teste de Linguagem (TDI-L) que compõe a TDI. A análise de fidedignidade do TDI-L, averiguada pelo Alpha de Cronbach, indicou consistência interna aceitável (entre 0,73 e 0,75) para os itens de consciência fonológica; nas tarefas de escrita, leitura e interpretação de texto, a consistência interna obtida variou entre 0,92 e 0,93. Na avaliação das evidências de validade convergente do teste, encontrou-se correlação moderada (r=0,68; p<0,001) do instrumento total em relação à Prova de Cosnciência Fonólogica por Produção Oral (PCFO). Em relação à Prova de Avalição dos Processos de Leitura (PROLEC), verificou-se correlações moderadas e fortes nas tarefas de escrita (r=0,83; p<0,001), leitura (r=0,76; p<0,001) e interpretação de texto (r=0,67; p<0,001). Os dados indicaram que o TDI-L apresentou propriedades psicométricas adequadas e pode ser considerado, para fins de pesquisa, como um instrumento para triagem do desenvolvimento da linguagem infantil. Por fim, foram apresentadas tabelas normativas para a intepretação dos resultados, elaboradas de acordo a idade dos participantes. O quarto artigo expôs os achados referentes à estimativa de precisão e às evidências de validade baseadas em variáveis externas do Teste de Habilidades Motoras (TDI-HM) que compõe a TDI. Os 16 itens que constituem o instrumento obtiveram Alfa de Cronbach = 0,76. Analisadas em separadas as dimensões, os Alfas obtidos foram: Tarefa de motricidade ampla (6 itens) = 0,84; Tarefa de equilíbrio (4 itens) = 0,67; Tarefa de motricidade fina (6 itens) = 0,70. Na comparação do desempenho do dos participantes de acordo com a idade, os resultados indicaram que houve diferença significativa das médias tanto no quociente motor (QM) geral [6 anos: 110,50 (DP 7,86); 7 anos = 100,21(DP 5,57); 8 anos = 89,85 (DP 4,28)], quanto por dimensão. O estudo apresenta ainda tabelas normativas de interpretação dos resultados, estabelecidos de acordo com a idade das crianças e critérios de classificação do desempenho motor, considerando avaliação total e avaliação por dimensão. Mesmo incipientes, os dados do presente estudo demonstram que o TDI-HM pode vir a ser um instrumento elegível, em contexto de pesquisa, para a triagem do desenvolvimento motor na faixa dos 6 aos 8 anos de idade. A análise dos estudos que compõe essa Tese indicou que o TDI apresentou bons parâmetros psicométricos e pode ser considerado um instrumento de triagem qualificado para verificar o desenvolvimento dos domínios da linguagem e da motricidade em crianças de 6 a 8 anos de idade. O propósito principal desta pesquisa foi o de atender a uma das demandas da área da saúde: a disponibilidade de instrumentos que contribuam para a descrição dos padrões típicos do desenvolvimento infantil e, na prática clínica, contribuam para a identificação precoce de atrasos nas áreas da linguagem, da cognição e/ou da motricidade. Os estudos até então apresentados são de relevância científica e social, sobretudo se considerada a escassez de instrumentos disponíveis e o caráter multidisciplinar contemplado na presente Bateria. Outros estudos estão em elaboração com o instrumento em busca de novas evidências de validade para a Bateria e para a elaboração de normas do Teste de Funções Executivas que a compõe.
metadata.dc.description.abstract-en: The current research aimed to elaboration, validation and normatize a battery of instruments comprised by scales to evaluate the abilities of the initial schooling process of children aged between 6 and 8. In order to do that, each scale assessed, independently and dimensionally, constructs related to three different areas of child development: language, executive functions, and motor skills. The present Thesis is composed of 4 articles that included a sample of 396 students from public schools of Porto Alegre aged between 6 and 8. The first article presented a systematic literature review on interventions in Executive Functions (EFs) in children with learning difficulties, in order to verify the models and the effectiveness of interventions and the instruments used for evaluation. Of the 117 articles identified, 7 were included based on the eligibility criteria. All the articles were published in English, the majority (71.43%) in the last 5 years, and the United States and Iran were the countries with the highest number of studies included. The instrument for evaluating EFs most frequently employed was the Behavior Rating Inventory of Executive Function (BRIEF). The interventions proposed lasted between 5 and 16 weeks. A variety of interventions were found in this review, organized as playful tasks, and only one was structured and recorded in a way that allowed for its reproduction. This intervention model had a significant impact on the improvement of the symptoms of children with Attention Deficit and Hyperactivity Disorder (ADHD), in addition to improving function performance and functional impairment (d’= -0.86, 95% CI). The articles were evaluated for their methodological quality, according to Cochrane criteria for risk of bias. The main problems identified were randomization, blinding and description of the exclusions or losses of the studies. The second article decribed the elaboration process of the instrument called Child Development Screening (TDI). This article aimed to present a test, describe construction steps and demontrate content validity evidences. This is a screening battery for evaluation of child development in the initial schooling phase, composed of 3 tests totaling 81 items. The Language Test is composed of 42 items related to the evaluation of phonological awareness, verbal fluency, writing, reading and text interpretation. The Executive Function Test consists of 23 items, which intended to assess cognitive flexibility, working memory, inhibition and attentional processes. Finally, the Motor Skills Test consists of 16 items of gross and fine motor and balance. The third article sought validity proof, based on the Classical Psychometric Theory, of Child Development Screening, which concerns tasks that evaluate language (TDI-L). The reliability analysis of TDI-L ascertained by Cronbach's Alpha, has indicated acceptable internal consistency (between 0.73 and 0.75) for phonological awareness and a very good internal consistency (between 0.92 and 0.93) regarding writing, reading and text interpretation tasks. Regarding the convergent validity, there was a moderate correlation (r=0.67, p=0.001) with PCFO. Correlation with PROLEC has been a moderate to strong between writing (r=0.83, p=0.001), reading (r=0.76, p=0.001) and text interpretation tasks (r=0.67, p=0.001). The TDI-L has presented good psychometric properties and can be considered a proper instrument for screening the language development. Finally, normative tables were presented for the interpretation of the results, elaborated according to the children age. The fourth article presented the findings regarding the evidences of external validity and reliability of the instrument addressing the Motor Skills tasks (TDI-HM). The TDI-HM reliability analysis has indicated good internal consistency in all the 16 assessed items (0.76). The gross motricity (6 items) has presented very good internal consistency (0.84). The balance task (4 items) has presented a reasonable internal consistency (0.70). Regarding the fine motor skills, the research considered the number of deviations from the plotted line (3 items) and the trim line (3 items). In the comparison of children performance by age, the results indicated that there was a significant difference of the means in both the general motor quotient (QM): 6 years, 110,50 (SD 7,86); 7 years 100.21 (SD 5,57) and eight years 89,85 (4,28), and by dimenson. The study presents normative tables of interpretation of the results, established according to the age and criteria of classification of motor performance, considering global and dimensional evaluation. Even incipient, data from the present study demonstrate that TDI-HM may be a viable alternative for motor development screening of children between 6 and 8. As a whole these articles showed that the TDI has presented good psychometric parameters and can be considered a qualified screening test to verify how the language and motor skills are being developed of children aged between 6 and 8. The main purpose of this research was to meet one of the demands of the health area: the availability instruments to contribute with a description of the pattern typical of child development and with a early identification of delays in the areas of language , cognition and / or motor skills in clinical practice. The studies presented have a scientific and social relevance, especially considering the scarcity of available instruments and the multidisciplinary perspective contemplated in this Battery. Other studies are being prepared to show new evidences of validity for the Battery and for the norms elaboration of the Executive Functions Test.
Description: Tese (Doutorado)-Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.
metadata.dc.rights: Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional
metadata.dc.relation.requires: Adobe Reader
metadata.dc.date.date-insert: 2020-01-08
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGCS - Teses



Creative Commons
This item is licensed under a Creative Commons License