Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufcspa.edu.br/jspui/handle/123456789/1127
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[DISSERTAÇÃO] Mallmann, Júlia NunesTexto integral3,2 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorDaudt, Carmen Vera Giacobbo-
dc.contributor.authorMallmann, Júlia Nunes-
dc.date.accessioned2020-01-08T12:54:07Z-
dc.date.available2020-01-08T12:54:07Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.urihttp://200.18.67.72:8080/jspui/handle/123456789/1127-
dc.descriptionDissertação (Mestrado)-Programa de Pós-Graduação em Saúde da Família, Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.pt_BR
dc.description.abstractA integração ensino-serviço é entendida como um trabalho coletivo, pactuado e integrado dos estudantes e professores com os trabalhadores que compõem as equipes dos serviços de saúde, incluindo os seus gestores. Para ser efetiva, faz-se necessário transformar os processos formativos, pedagógicos e as práticas de saúde, articulando o sistema de saúde com as instituições formadoras. Esta pesquisa buscou descrever como ocorre a integração ensino-serviço nas Unidades de Saúde da Família do município de Ijuí, conhecer o perfil dos diferentes sujeitos envolvidos nesse processo e analisar a relação entre o perfil e a integração encontrada. Pesquisa observacional, quantitativa e transversal, com aplicação de instrumento elaborado e aplicado a 171 pessoas (discentes, docentes, profissionais da saúde, gestores e coordenadores de curso). Foi possível observar que discutir casos entre discentes e profissionais da saúde teve associação com melhores escores de integração ensino- serviço. Houve também associação positiva com melhores escores a maior idade dos discentes, os cursos de enfermagem e nutrição da instituição investigada e uma boa estrutura física das unidades de saúde. Não foram observados indicadores associados ao escore na categoria docentes. Foi evidente também a quase totalidade dos investigados serem de sexo feminino, a alta motivação para o trabalho relatada pelos profissionais de saúde e a existência de mudanças curriculares voltadas ao SUS e à Atenção Primária à Saúde nos cinco cursos investigados.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.relation.requiresAdobe Readerpt_BR
dc.rightsAtribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/*
dc.subjectServiços de Integração Docente-Assistencialpt_BR
dc.subjectAtenção Primária à Saúdept_BR
dc.subjectEducação em Saúdept_BR
dc.subjectMedicina de Família e Comunidadept_BR
dc.subject[en] Teaching Care Integration Servicesen
dc.subject[en] Primary Health Careen
dc.subject[en] Health Educationen
dc.subject[en] Family Practiceen
dc.titleA situação da integração ensino-serviço nas unidades de saúde da família do município de Ijuípt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor-coGomes, Marta Quintanilha-
dc.description.abstract-enTeaching care integration service is a collective, agreed and integrated work of students and teachers with the health services workers, including their managers. For this integration, it is necessary to transform the training, pedagogical processes and health practices, linking the health system with the training institutions. This research intent to describe how this teaching care integration services happens in the Primary Care Units of Ijuí, to know the profile of the different people involved in this process and to analyze the relationship between the profile and the integration found. The research was observational, quantitative and transversal, with a elaboration of an instrument applied to 171 people (students, teachers, health professionals, managers and course coordinators). It was possible identify that the discussion between students and professionals were associated with better scores of integration. There were also positive association with the higher age of students, with nurse and nutrition courses and with the better physical structure of health units. There were no indicators associated with the score in the teacher category. It was found the majority of female population, a high motivation for work by health professionals and curricular changes focused on SUS and in Primary Care in all five investigated courses.pt_BR
dc.date.date-insert2020-01-08-
Appears in Collections:PROFSAÚDE - Dissertações



Creative Commons
This item is licensed under a Creative Commons License